Jovem Aprendiz BNDES vagas e inscrições abertas

O BNDES atende aos requisitos legais do Projeto Jovem Aprendiz, que tem por objetivo oferecer a adolescentes formação técnico-profissional metódica, compatível com o seu desenvolvimento físico, moral e psicológico, caracterizada por atividades teóricas e práticas. O projeto visa à inserção de adolescentes, com idade entre 15 e 18 anos, no mercado formal de trabalho, contribuindo para a diminuição da principal causa do desemprego juvenil, que é a falta de experiência profissional.

No BNDES, o Programa vem sendo desenvolvido desde julho de 2007, na modalidade de Práticas Administrativas, por intermédio de contrato com a Associação Beneficente São Martinho (vencedora de novo processo licitatório em 2013), que é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos, que atua na causa da infância e adolescência em situação de violação de direitos.

O Programa é administrado pelo Departamento de Administração de Recursos Humanos e está atualmente vinculado à Gerência de Cadastro e Benefícios.

Público-alvo

A faixa etária compreende maiores de 15 (quinze) e menores de 18 (dezoito) anos, matriculados, no mínimo, no 9º ano do ensino fundamental, cujas famílias sejam cadastradas no Cadastro Único.

Processo seletivo

Para participar do programa, os candidatos devem procurar a Associação Beneficente São Martinho. Telefones para contato: (21)2232-0362 e (21) 2224-0730.

Os candidatos tem como pré-requisito a conclusão, com bom aproveitamento, do curso oferecido pela São Martinho. O recrutamento é feito através de etapa de entrevista e provas de conhecimentos gerais, português e matemática.

Duração e horários

O prazo de permanência no programa é de, no máximo, um ano e cinco meses. As atividades práticas são desenvolvidas em dois turnos nas instalações do BNDES e as atividades teóricas são desenvolvidas em jornada de quatro horas diárias, às 6as feiras, em local designado pela empresa terceirizada, sendo uma vez por mês numa 5ª feira.

Remuneração e benefícios

Os aprendizes são remunerados com um salário mínimo nacional por mês integralmente trabalhado, sendo assegurados os demais direitos trabalhistas e previdenciários. Além dos benefícios determinados em lei, recebem auxílio-refeição e assistência médico-odontológica.

Faça sua pergunta?