Honda abre vagas para estágio

A Honda, uma das maiores fabricantes de motocicletas do Brasil e do mundo, está com diversas vagas para o seu programa de estágio.  A empresa conta atualmente com cerca de 167 mil funcionários em todo o mundo.

Está presente em 13 países, nos quatro cantos do mundo. São 67 unidades de produção e 43 unidades de pesquisas e desenvolvimento. As inscrições estão abertas até o dia 21 de setembro.

As vagas são para trabalhar em São Paulo, Sumaré (SP) e Recife (PE).

O programa de estágio visa contratar jovens de 25 cursos: Administração; Ciências Contábeis; Ciências da Computação; Ciências Econômicas; Ciências Sociais; Engenharia Automotiva; Engenharia Aeroespacial; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia Elétrica; Engenharia Eletrônica; Engenharia de Gestão; Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica; Engenharia Mecânica; Engenharia Mecatrônica; Engenharia de Produção; Engenharia de Sistemas; Estatística; Hotelaria; Marketing; Pedagogia; Psicologia; Publicidade e Propaganda; Relações Públicas; Sistema de Informação e Turismo.

Podem concorrer estudantes com formação prevista para dezembro de 2017 a dezembro de 2018. A Honda pede disponibilidade de 2 anos para estagiar. Além disso, é preciso ter inglês intermediário.

Os estagiários selecionados irão receber vários treinamentos voltados à cultura e método de trabalho Honda, administração de tempo, negociação e técnicas de apresentação.

Vão atuar nas áreas de Tecnologia da Informação (TI), administrativa, finanças, recursos humanos, compras técnicas, controle de qualidade, governança corporativa e sustentabilidade e marketing e comercial.

A HONDA OFERECE:

  • Bolsa-auxílio
  • Plano de saúde
  • Plano odontológico
  • Seguro de vida
  • Vale transporte
  • Vale refeição

O estágio terá início em janeiro de 2017. Para basta o candidato acessar o link e efetuar o cadastro corretamente, não deixe de preencher todos os campos e boa sorte!

Passo a passo para conseguir seu emprego

1. Palavras e frases estratégicas

Ao usar determinadas palavras e frases em seu currículo ou durante a entrevista de emprego, você terá melhores condições de chamar a atenção do empregador. Por exemplo: em vez de falar que foi demitido, fale sobre incompatibilidade de ideias, que você tinha outras aspirações e que a negociação foi feita desta maneira para que ambos não se prejudicassem.

As frases estratégicas também incluem os momentos em que você precisa demonstrar a sua vontade de conquistar a vaga em questão. Sendo assim, ressalte que você está preparado para trabalhar na empresa e mostre que seu interesse não é meramente financeiro, dizendo que você deseja fazer parte da construção da história do empreendimento, como se fosse mais um membro da família.

2. Postura de vencedor

No lugar de parecer um derrotado, com os ombros caídos e o olhar sempre no chão, levante o queixo, olhe nos olhos do entrevistador e mantenha a coluna ereta durante a entrevista, controlando-se para não demonstrar seu nervosismo, como por meio de tremeliques nas pernas.

Quanto menos ansioso você parecer, melhor será a probabilidade de cativar o empregador em potencial, que não pensará que você está parado há bastante tempo quando você se comportar de maneira segura, transparecendo uma confiança que faz toda a diferença para conseguir um emprego rapidamente.

3. Técnicas de PNL

A PNL, Programação Neurolinguística,  é um conjunto de estratégias para o desenvolvimento pessoal e profissional, com base no princípio de que a linguagem, em associação com corpo e mente, serve para que você perceba o mundo à sua maneira. Trata-se de uma forma de aprimorar a condução do comportamento individual, afetando positivamente o retorno.

No caso de uma entrevista de emprego, comece a se preparar antes mesmo do contato com o entrevistador, imaginando que você sairá se sentindo satisfeito da entrevista, relembrando seus momentos de sucesso anteriores e estudando o local, a empresa e a vaga. Durante a entrevista, tente agir de maneira como o recrutador, por exemplo, se ele usar uma linguagem bem informal, não há motivo para você manter uma fachada muito formal. Além disso, foque em soluções e relate suas experiências positivas em outros empregos ou em cursos.

4. Momento certo para enviar o currículo

Há alguns horários e dias que devem ser priorizados na hora do envio de currículos. Por exemplo: opte pelo meio ou pelo começo da semana, pois se você enviar seu CV lá por quinta ou sexta-feira, dificilmente ele se destacará, pois ficará junto com muitos outros e-mails que foram enviados no fim de semana (inclusive spam). Já em relação aos horários, dê preferência ao começo do dia, para que o seu e-mail seja uma das primeiras coisas que o recrutador vai ver. Ao enviar o currículo no fim do dia, a chance de que o empregador esteja cansado e nem dê a atenção merecida ao seu CV é maior.

5. Boa relação com empregadores anteriores

Tente manter uma boa relação com seus antigos chefes, para preservar uma imagem profissional que vai te ajudar na entrevista. Lembre que há o risco de o novo empregador querer entrar em contato com o antigo chefe ou ler alguma recomendação deste, o que não acontecerá se você estiver com a reputação prejudicada devido a atitudes que você tomou antes, durante ou depois de sair do emprego anterior.

Faça sua pergunta?