Ministério da Saúde reabriu as inscrições para concurso com 102 vagas

O novo prazo de cadastro vai até 17h da terça-feira, dia 10 janeiro. Segundo o Idecan, que organiza o processo seletivo, o motivo é a instabilidade no site no último dia de inscrições.

O pagamento da GRU poderá ser realizado em qualquer agência do Banco do Brasil ou seus correspondentes até o dia 11 de janeiro. O cadastro é feito pelo site do Idecan, organizador do concurso.

 As chances são nos cargos de Administrador (34), Analista Técnico de Políticas Sociais (34) e Contador (34). A remuneração inicial para administrador e contador será de R$ 4.784,27. Para o cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais, que exige nível superior em qualquer área, a remuneração será de R$ 5.744,88. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

A aplicação das provas objetivas de múltipla escolha e discursivas deve acontecer no dia 19 de fevereiro, nas 27 capitais da Federação. As avaliações acontecerão em dois períodos, das 9h30 às 13h30 para os cargos de Administrador e Contador; e das 15h às 19h para o cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais.

Os convocados serão lotados nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) dos seguintes municípios: Maceió (AL), Altamira (PA), Cruzeiro do Sul (AC), São Gabriel da Cachoeira (AM), Rio Branco (AC), Tabatinga (AM), Macapá (AP), São Félix do Araguaia (MT), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Cuiabá (MT), Belém (PA), Florianópolis (SC), Colider (MT), Redenção (PA), Boa Vista (RR), Curitiba (PR), Manaus (AM), São Luís (MA), Campo Grande (MS), Lábrea (AM), Tefé (AM), Governador Valadares (MG), Parintins (AM), Recife (PE), Porto Velho (RO), João Pessoa (PB), Itaituba (PA), Palmas (TO), Atalaia do Norte (AM), Cacoal (RO), Barra do Garças (MT) e Canarana (MT).

Faça sua pergunta?