Concurso Prefeitura de São João da Barra com 43 vagas

A prefeitura de São João da Barra, no Norte Fluminense, está com inscrições abertas até amanhã, terça-feira, para o processo seletivo simplificado da Secretaria municipal de Assistência Social de Direitos Humanos.

No total, são 43 vagas, sendo 21 para assistente social, 15 para psicólogo e sete para pedagogo.

Todos os cargos têm vencimento de R$ 2.560,58 e carga horária de 20 horas por semana. Do total de vagas para cada cargo, uma é destinada a pessoa com deficiência, totalizando, portanto, três vagas para esse fim.

Os contratos de trabalho serão de doze meses, prorrogáveis, uma única vez, por uma igual período.

Além da graduação, o concurso exige experiência profissional na área de, no mínimo, seis meses.

O processo seletivo consistirá em um sistema de pontuação, de acordo com o tempo de experiência do candidato e títulos de pós-graduação, além de entrevista.

Clique aqui para acessar o edital do concurso 

O período de inscrição será de 22/02/2016 e 23/02/2016, no horário das 9h às 15h, Rua Coronel Cintra, Nº131, Centro, São João da Barra, RJ (Casa dos Conselhos Vinculados).

O candidato é responsável por todas as informações prestadas na inscrição, assim como por sua veracidade, arcando com as sanções legais de suas declarações.

Não serão aceitas inscrições fora do período determinado.

A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a expressa aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.

As informações prestadas no formulário de inscrição é de inteira responsabilidade do Candidato, ficando a Comissão de Organização no direito de excluí-lo da seleção, caso comprove inveracidade nos dados fornecidos na ficha de inscrição ou o não preenchimento de informações requeridas na mesma.

Fica, ainda, a Comissão de Organização autorizada, ao constatar irregularidade e/ou inexatidão das informações prestadas que impossibilitem a contratação ou a continuação da prestação de serviços, a cancelar, a qualquer momento, o contrato firmado entre as partes, sem direito a recebimento de indenização.

Se for constatada qualquer fraude, no todo ou parcial, na documentação apresentada, poderá o candidato responder criminalmente, conforme prevê o art. 298 e § 1º do art. 301 do Código Penal Brasileiro, tendo sustada sua classificação.

Faça sua pergunta?